Memória e Justiça

Carol Proner e juristas pela democracia lançam livro crítico ao acórdão do TRF-4

Evento aconteceu na Vigília Lula Livre na noite de segunda-feira (13)

Brasil de Fato | Curitiba (PR)

,
Publicação conta com mais de 40 artigos de 52 juristas / Cláudio Kbene

Na noite de segunda-feira (13), houve o lançamento do livro “Comentários a um acórdão anunciado – o processo Lula no TRF4”, na Vigília Lula Livre, em Curitiba-PR. A publicação trata do processo de Lula e sua perseguição política via judiciário e conta com mais de 40 artigos de 52 juristas organizados por Carol Proner, Gisele Cittadino, Gisele Ricobom e João Dornelles.

Para Carol Proner, o livro demonstra porque a sentença dada ao ex-presidente, bem como sua prisão, é injusta e sempre visou, na verdade, o período eleitoral: “Esta é a nossa pequena contribuição perto da enorme resistência que é a Vigília”, declarou Proner.

Já Gisele Citadino declarou que se trata de um processo de perseguição judicial que é também violento, ilegítimo e antidemocrático: “É uma violação contra os direitos da cidadania, contra a soberania popular”, explicou. Para ela, o livro é importante por se tratar da defesa da democracia no Brasil.

João Dornelles, outro dos organizadores do livro, colocou que, assim como a Vigília, o livro representa resistência ao golpe, arbitrariedades e injustiças. “Comprovamos tecnicamente e juridicamente a inocência de Lula”, completou.

Edição: Pedro Carrano