Visita

Segundo padre André Marmilicz, Lula se mantém na certeza de que será candidato

O ex-presidente disse que só existe sonho com realidade: a luta não é a toa

Brasil de Fato | Curitiba (PR)

,
O padre trouxe mensagens de esperança do ex-presidente à militância como um todo, em especial aos que integram a vigília / Joka Madruga/Agência PT

Lula recebeu a visita religiosa, nessa segunda-feira (13), do padre André Marmilicz pároco da Igreja Santa Cândida, no bairro em que está sediada a superintendência da Polícia Federal, onde Lula é mantido como preso político há 130 dias.

O padre trouxe mensagens de esperança do ex-presidente à militância como um todo, em especial aos que integram a vigília que resiste por sua liberdade. Segundo o pároco, Lula se alegra pela militância e se mantém firme em sua fé e na certeza de que será candidato. Acredita na solidariedade e que vale a pena continuar lutando para, de acordo com o padre, salvar o país do desmonte que o atual governo vem promovendo.

Padre Marmilicz perguntou a Lula o que é sonho. Em resposta, o ex-presidente disse que só existe sonho com realidade “Ele acredita muito na transformação da realidade, não se luta à toa”, explicou o pároco.

Para o religioso, chamou a atenção o fato de que, ao receber a eucaristia, Lula tirou o boné, segundo ele, “com a simplicidade das pessoas do interior do Brasil”. Além disso, comentou características que considerou marcantes no ex-presidente: “Extremamente confiante, tem muita fé, convicções e caráter”.

Edição: Pedro Carrano