Luto

Coordenador do MST no Pará, Ulisses Manaças, morre vítima de câncer

Comissão Pastoral da Terra, sindicatos e parlamentares manifestaram pesar pelo falecimento

Rio de Janeiro

,

Ouça o áudio:

Liderança contribuiu com o combate às violações de direitos humanos / MST

O Conselho Nacional de Direitos Humanos publicou, nesta quinta-feira (16), nota de pesar pela morte do coordenador do MST no Pará, Ulisses Manaças, que faleceu de câncer, na terça-feira (14), em Belém.

O CNDH registrou que a liderança contribuiu com o trabalho do conselho no combate às violações de direitos humanos, principalmente, no que se refere ao direito à terra e a defesa dos trabalhos de defensores e defensoras de direitos humanos no norte do país. 

Em junho, Ulisses esteve presente em audiência Pública do Conselho sobre violência no campo e conflitos socioambientais.

Por diversas vezes Manaças participou de reportagens da Rádio Nacional. Em dezembro, ele deu entrevista sobre conflitos por causa de terra em Marabá. Nas considerações finais da entrevista, Manaças destacou que era importante sensibilizar as pessoas para a questão da luta pela terra no país e apontou o que pra ele seria a solução para as mortes no campo.

Outras entidades, como a Comissão Pastoral da Terra, sindicatos e parlamentares também manifestaram pesar pela morte do coordenador do MST no Pará.

Edição: Radioagência