Visita

Olivio Dutra comparece a lançamento de documentário na Vigília Lula Livre

Ex-governador do Rio Grande do Sul lançou um documentário sobre sua trajetória política

Brasil de Fato | Curitiba (PR)

,
Aos militantes em vigília pela liberdade de Lula, Olívio narrou alguns golpes pelos quais o povo brasileiro passou / Mauro Calove

Na noite desta quarta-feira (23), a Vigília Lula Livre recebeu a visita do ex-governador do Rio Grande do Sul, Olívio Dutra, para o lançamento de um documentário sobre sua trajetória política. O filme "Galo Missioneiro - a trajetória de um militante", é de direção de Thiago Köche.

Aos militantes em vigília pela liberdade de Lula, Olívio narrou alguns golpes pelos quais o povo brasileiro passou ao eleger representantes que confrontaram os interesses das elites. Segundo ele, Getúlio Vargas, que foi contra o que sua própria classe considerava conveniente, foi pressionado pela mídia hegemônica até o suicídio. Jango, com suas propostas de reformas em vários âmbitos, como agrário e político, foi destituído por um golpe militar que resultou em décadas de repressão. 

"Com os governos do PT, o povo foi se tornando sujeito da política e não mais um objeto da política deles. E eles se sentiram incomodados e deram um golpe de novo", ressaltou o ex-governador que frisou a importância da intransigência na defesa da candidatura de Lula. "Para a elite, a democracia é uma tática que serve aos seus interesses, para nós é uma estratégia, um objetivo permanente. Só na democracia podemos fazer o Estado ficar sob o controle público e não sob controle privado", explicou.

Olívio Dutra disse ainda que não compreende o por quê do veto às suas tentativas de visitar o ex-presidente. "Já tentei uma vez no começo e hoje é a segunda vez que fui impedido de visitá-lo", comentou.

Edição: Laís Melo