Eleições 2018

Datafolha: sem Lula no questionário, Haddad vai a 9% em pesquisa

Instituto divulgou levantamento realizado após cancelamento de pesquisa anterior, que incluía o ex-presidente

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,
Haddad participa de ato político em Coritiba / Foto: Ricardo Stuckert

O Datafolha divulgou, na noite desta segunda-feira (10), a primeira pesquisa de intenções de voto realizada pelo instituto após o impedimento da candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), no último dia 1º, e do ataque contra o candidato do PSL, Jair Bolsonaro, na última quinta-feira (6).

De acordo com o levantamento, Haddad, que pode ser anunciado amanhã como substituto de Lula para a disputa eleitoral, alcançou 9% das intenções de voto, 5 pontos percentuais a mais que na última pesquisa, de 22 de agosto, quando o ex-ministro da Educação ainda era apresentado somente em questionário posterior ao que apontava Lula como candidato. Neste levantamento, o Datafolha incluiu apenas Haddad como candidato pelo PT.

Com isso, Haddad está tecnicamente empatado em segundo lugar com outros três candidatos: Marina Silva (Rede), que caiu de 16% para 11%, Geraldo Alckmin (PSDB), que oscilou de 9% para 10% e Ciro Gomes (PDT), com 13% das intenções de voto. Bolsonaro segue na dianteira, com 24%. Na pesquisa anterior ao ataque sofrido pelo candidato, ele pontuou 22% das intenções de voto.

Apesar de sustentar a liderança com oscilação para cima dentro da margem de erro, Bolsonaro segue sendo derrotado por qualquer candidato que enfrente no segundo turno, segundo o Datafolha. Apesar da comoção em torno de sua candidatura após o ataque sofrido em Juiz de Fora (MG), Bolsonaro viu a rejeição a seu nome aumentar: foi de 39%, em 22 de agosto, a 43% na pesquisa de 10 de setembro.

A pesquisa Datafolha realizou 2.804 entrevistas presenciais em 197 municípios, no dia 10 de setembro de 2018. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR 02376/2018. Contratantes: Folha de S.Paulo e TV Globo

Edição: Diego Sartorato