Rádio

Ouça o Programa Brasil de Fato – Rio de Janeiro – 11/09/18

O aumento do encarceramento da população negra e pobre e a violência de estado no Rio são os destaques da edição

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ)

,

Ouça a matéria:

De acordo com a Defensoria Pública o número de prisões provisórias no estado do Rio cresceu em 20% no último ano / Reprodução

O programa da última terça-feira (11) trata sobre os temas da violência de estado exercida contra a população pobre e negra do Rio e sobre as consequências, para essa mesma parcela da população, da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que autoriza a prisão de acusados sem a conclusão dos devidos processos.

Em entrevista, o subcoordenador de defesa criminal da Defensoria Pública do Rio, Ricardo André de Souza, fala sobre o ato "Não Há Culpa Enquanto Houver Dúvida - Em Defesa da Presunção de Inocência", promovido pela Defensoria, e explica como a decisão do STF contribui para o cenário em que 44% da população carcerária do Rio é presa sem a devida conclusão de seus processos na justiça.

Também em entrevista, Fransérgio Goulart, assessor do Fórum Grita Baixada, conta sobre o Tribunal Popular da Baixada, evento realizado em Duque de Caxias, que tem como objetivo debater sobre o papel exercido pelo estado nas mortes provocadas por forças policiais e militares.

Ainda sobre a violência de estado na Baixada Fluminense, o programa traz as repercussões do caso da advogada negra Valéria Santos, injustamente algemada e levada para delegacia durante uma audiência no 3° Juizado Especial Cível de Duque De Caxias.

O quadro “As lutas dos trabalhadores do Brasil” relembra as ditaduras ocorridas nos países latino-americanos. Já o quadro “Falaí”, aborda o tema do suicídio. E no quadro "Dicas Mastigadas", uma receita deliciosa de caldo verde.

Edição: Filipe Cabral