Mercado

Arroz e feijão são os alimentos mais desperdiçados no Brasil

Estudo indica que cada pessoa desperdiça 114 gramas de alimentos por dia e mais de 41 quilos por ano

Ouça o áudio:

Levantamento faz parte do projeto Diálogos Setoriais União Europeia-Brasil, com participação da Embrapa / Pixabay

O brasileiro gosta de fartura na mesa, de ter a despensa e geladeira cheias de alimentos. Por isso, adquire mais do que precisa e esse é um dos motivos para o desperdício de grande parte do que compra.

A preferência por consumir alimentos sempre frescos também é outra razão para o desperdício. E o prato de arroz e feijão é o mais jogado fora.

Ele representa 38% dos desperdícios das famílias. Depois, vem as carnes bovina e de frango. Verduras, legumes e frutas são mais aproveitados.

Os dados são da pesquisa sobre hábito de consumo e desperdício de alimentos. O levantamento faz parte do projeto Diálogos Setoriais União Europeia-Brasil, com participação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e Fundação Getulio Vargas (FGV).

O estudo foi realizado com 1.764 famílias de todas as classes sociais e regiões brasileiras. E revelou que cada pessoa desperdiça 114 gramas de alimentos por dia e mais de 41 quilos por ano.

Já as famílias jogam fora 353 gramas de comida por dia e quase 129 quilos, por ano.

Segundo a pesquisa, as classes A e B têm maior tendência de desperdiçar hortaliças. Apesar do grande desperdício das famílias brasileiras, 94% afirmaram ser importante não jogar comida fora.

Mas 43% concordam que pessoas conhecidas desperdiçam regularmente, mas não admitem ter o mesmo comportamento.

Outro fator que influencia no desperdício de alimentos das famílias é o hábito de cozinhar várias vezes ao dia: 77 % afirmam fazer comida duas vezes ou mais.

Edição: Radioagência Nacional