Pesquisa

Datafolha: Haddad e Bolsonaro mantêm empate técnico na simulações de segundo turno

Petista tem 5% a menos de rejeição e diminui um ponto percentual no confronto direto com o candidato do PSL

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,
Primeiro turno das eleições acontece neste domingo, 7 de outubro / Agência Brasil

O novo levantamento do instituto Datafolha, divulgado nesta quinta-feira (4), reforça a tendência de equilíbrio na disputa presidencial entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). O candidato da extrema direita saltou de 32% para 35% no primeiro turno, mas vê o petista diminuir um ponto percentual nas simulações de segundo turno – o que mantém o empate técnico, nos limites da margem de erro. O terceiro colocado na disputa é Ciro Gomes (PDT), que segue com 11% das intenções de voto, a exemplo da última pesquisa, divulgada na terça (2).

A diferença entre Bolsonaro e Haddad, no primeiro turno, é de 13%. Se o resultado das urnas seguir a tendência do Datafolha, os dois disputariam um segundo turno em 28 de outubro, com 44% das intenções de voto para o candidato do PSL contra 43% do ex-ministro da Educação, apoiado pelo ex-presidente Lula (PT).

Haddad tem 40% de rejeição, cinco pontos percentuais a menos que o adversário – e um a menos que no último levantamento.

A pesquisa, encomendada pela TV Globo e pelo jornal Folha de S. Paulo, ouviu 10.930 eleitores em 389 municípios brasileiros entre quarta e quinta-feira.

O nível de confiança é de 95%, e a margem de erro é de dois pontos, para mais ou para menos. 

Edição: Daniel Giovanaz