Vira, vira, vira

Datafolha: Bolsonaro 56% x 44% Haddad; diferença cai 6 pontos

Assim como na série de levantamentos do Ibope, instituto do jornal Folha de S.Paulo registra queeda de Bolsonaro

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,
A 3 dias da votação, pesquisas indicam aproximação entre candidatos do PSL e do PT / Foto: montagem

A distância entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), que disputam o segundo turno das eleições presidenciais, caiu de 18 para 12 pontos em uma semana, segundo a pesquisa Datafolha encomendada pelo jornal Folha de S.Paulo e pela Rede Globo e divulgada nesta quinta-feira (25).

A três dias da votação, o levantamento aponta que, se a eleição fosse hoje, o candidato da extrema direita teria 56% dos votos válidos, contra 44% do ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo. No levantamento passado, realizado entre 17 e 18 de outubro, Bolsonaro tinha 59%, contra 41% de Haddad.

O Datafolha entrevistou 9.173 eleitores em 341 cidades entre quarta (24) e quinta-feiras (25).

Considerando os votos totais, Bolsonaro tem 48%, ante 38% de Haddad. Outros 8% dos entrevistados declaram votar branco ou nulo; desses, 22% dizem que podem mudar de ideia até o domingo (28), dia da eleição.

Entre os mais jovens (16 a 24 anos), Haddad viu sua intenção de voto subir de 39% para 45%, empatando tecnicamente com Bolsonaro, que caiu de 48% para 42%.

A rejeição a ambos os candidatos permanece alta: 52% dos eleitores dizem não votar em Haddad de jeito nenhum, enquanto 44% dizem que não votariam em Bolsonaro sob nenhuma hipótese. Além disso, 94% dos eleitores de Bolsonaro e 91% dos eleitores de Haddad dizem estar convictos em sua escolha e não admitem mudar o voto até a eleição.

Edição: Diego Sartorato