ENTREVISTA

"Suprema Corte desse país virou uma república de bananas", afirma o juiz Tadeu Lemos

Entrevistado antes da decisão de Toffoli, jurista disse que derrubar a decisão de Mello seria uma afronta à democracia

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça o áudio:

Baixar
Dias Toffoli (esq.) é cumprimentado pelo presidente eleito Jair Bolsonaro (dir.) / Agência Brasil

Na tarde desta quarta (19), o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Marco Aurélio Mello, publicou decisão informando a soltura de todos os presos detidos por condenações em segunda instância, ou seja, que ainda têm recursos a serem analisados em tribunais superiores.

Segundo estimativa do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a liminar poderia se aplicar a cerca de 169 mil pessoas, entre elas, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Entrevistado durante o Giro de Notícias da Rádio Brasil de Fato, o jurista alagoano Marcelo Tadeu Lemos foi perguntado sobre a possibilidade de Dias Toffoli derrubar a determinação de Mello – hipótese que se concretizou, horas depois.

Ouça a entrevista completa no áudio acima. 

Edição: Brasil de Fato