Pesquisa

Brasileiro está menos otimista com Bolsonaro do que com Collor

Para 65% dos entrevistados pelo Datafolha, governo Bolsonaro será ótimo ou bom; maior índice é de Lula, com 76%

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça o áudio:

Segundo Datafolha, apenas 27% acreditam que Bolsonaro vai cumprir a maioria das promessas feitas durante a campanha eleitoral / Tânia Rêgo/Agência Brasil

O otimismo do brasileiro em relação ao futuro governo é o menor em uma posse presidencial desde que o Instituto Datafolha começou a medição em 1990, antes de Fernando Collor (PRN) receber a faixa presidencial.

Para 65% da população, a expectativa é positiva com relação ao presidente de extrema direita de Jair Bolsonaro (PSL). O maior índice na véspera de uma posse é de Luiz Inácio Lula da Silva (PT). Antes do primeiro mandato do petista, 76% da população acreditava que seu governo seria bom ou ótimo. 

Já Collor tinha 71% de avaliações positivas na véspera de sua gestão, interrompida por um impeachment dois anos depois. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (1).

O índice de otimismo com o governo Bolsonaro é também mais baixo de que o governo de Dilma Rousseff (PT), que tinha 73% de expectativa positiva dos brasileiros antes de subir a rampa do Palácio do Planalto; e de Fernando Henrique Cardoso (PSDB), cujo governo chegou a inspirar otimismo em 70% da população na véspera de sua posse. 

O levantamento do Datafolha foi realizado entre os dias 18 e 19 de dezembro, com 2.077 pessoas em 130 cidades do país. Para 17% dos entrevistados, o governo do PSL será regular; enquanto 12% disseram que o presidente de extrema direita fará um governo péssimo. 

Apenas 27% acreditam que Bolsonaro vai cumprir a maioria das promessas feitas durante a campanha eleitoral. Já 62% afirmam que ele vai realizá-las de forma parcial. O setor em que os brasileiros estão mais otimistas é com a Segurança Pública e Saúde.

O instituto também perguntou aos entrevistados a expectativa com o futuro governo comparado com seus antecessores. E 76% apostam que o governo será melhor de que o de Michel Temer (PMDB), 73% acreditam que Bolsonaro vai administrar o país melhor que Dilma e 58% afirmaram que sua gestão será melhor que a lulista.

Edição: Brasil de Fato