em nome do pai

Filho de Mourão é promovido pelo novo presidente do Banco do Brasil

Com promoção, salário do filho do vice-presidente da República passou da faixa de R$ 12 mil a R$ 14 mil para R$ 36 mil

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça a matéria:

O vice-presidente eleito, general Hamilton Mourão, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em Brasília / Foto José Cruz | Agência Brasil

O bancário Antonio Hamilton Rossell Mourão, filho do recém-empossado vice-presidente da República, Hamilton Mourão, foi promovido a assessor especial de Rubem Novaes, também recém-nomeado presidente do Banco do Brasil, e terá o salário praticamente triplicado. Segundo o jornal O Estado de S.Paulo, o salto na carreira do bancário foi visto com "estranheza" por funcionários do banco.

Segundo, a CartaCapital, o filho de Mourão auxiliará Novaes na área de agronegócios. Antonio é funcionário da instituição há 18 anos e já atuava na área. O salário da função anterior, de assessor empresarial, girava em torno de R$ 12 mil reais.

Pelo regimento do banco, o presidente pode escolher livremente seus assessores especiais, podendo contratar até mesmo pessoas de fora da instituição. São três vagas ao todo.

Ao Estado de S.Paulo, o vice-presidente da República disse: “(Meu filho) possui mérito e foi duramente perseguido anteriormente por ser meu filho”. 

*Com informações da CartaCapital

Edição: Brasil de Fato