Rádio

Ouça o Programa Brasil de Fato – Rio de Janeiro – 17/01/19

Suspensão do caso Queiroz, festival sobre diversidade e espetáculo que relembra a ditadura militar são os destaques

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ)

,

Ouça o áudio:

Senador eleito, Flávio Bolsonaro (PSL) alegou ter foro privilegiado no Supremo e pediu a anulação das provas recolhidas pelo Coaf / Carl de Souza/AFP

O programa da última quinta-feira (16) fala sobre mais uma decisão polêmica de um ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), a luta pelos direitos LGBT na região metropolitana do Rio e sobre a importância de manter viva a memória sobre a ditadura militar.

Em entrevista, Felipe Carvalho, presidente do Grupo Diversidade Niterói (GDN) comenta sobre os quinze anos de militância do grupo e  traz a programação do  Festival da Diversidade, evento repleto de atividades que reúnem diversos elementos da cultura LGBT niteroiense.

Jitman Vibranovsky, diretor na Companhia Militantes em Cena, conversa sobre o processo de montagem da leitura dramatizada do livro “K”., de Bernardo Kucinski, que conta a saga de um pai que procura a filha desaparecida durante a ditadura militar. 

Direto de Brasília, Rafael Tatemoto, repórter do Brasil de Fato, traz as informações sobre a decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Fux de suspender a investigação sobre o “caso Queiroz”, em que Fabrício Queiroz, ex-assessor do atual senador Flávio Bolsonaro (PSL) é investigado por ter movimentado cerca de um milhão e duzentos mil reais em sua conta no último ano.

No quadro Rio, Rua e Cultura, as dicas de shows, rodas de samba, exposições e demais programas culturais para o fim de semana no Rio. 

 

Edição: Filipe Cabral