Cinema

Em cartaz, filme “Temporada” mostra a realidade de Contagem (MG)

Eleito como melhor filme de 2018, longa conta história de trabalhadora que combate endemias na região

Brasil de Fato | Belo Horizonte (MG)

,
“O cinema ajuda a gente enxergar nosso espaço, as pessoas", afirma diretor / Foto: Divulgação

Desde o último dia 17, está em cartaz mais uma produção cinematográfica mineira. O longa “Temporada”, do diretor contagense André Novais Oliveira, narra a história da personagem Juliana, que sai de Itaúna, no interior do estado, e vai morar na periferia de Contagem, na Região Metropolitana de BH, para trabalhar no combate às endemias.

“O filme veio primeiro da observação do bairro. Algumas experiências e situações que eu vivi e outras de alguns colegas de trabalho acabaram indo para o filme de alguma forma”, conta André, que morou em Contagem quase a vida toda e trabalhou no combate a endemias em 2007.

As experiências de Juliana em seu novo emprego vão construindo um retrato da realidade das grandes cidades brasileiras. “Para mim, ‘Temporada’ é um convite para olhar as paisagens sob outras perspectivas”, afirma a premiada Grace Passô, atriz que interpreta a protagonista. 

Vencedor de vários prêmios, incluindo o de melhor filme no 51º Festival de Brasília do Cinema Brasileiro, “Temporada” é da Filmes de Plástico, produtora com sede em BH formada pelo diretor junto com Gabriel Martins, Maurílio Martins e Thiago Macêdo Correia. Criada em 2009, a Filmes de Plástico se preocupa em realizar longas e curtas-metragens que retratem a realidade popular e a vida na periferia, em uma perspectiva de romper com o estereótipo e a marginalização.  “O cinema ajuda a gente enxergar nosso espaço, as pessoas. Muito do que é colocado na tela são reflexos do que acontece nas nossas vidas”, afirma André.

Edição: Joana Tavares