VIOLÊNCIA

Comunidade acadêmica defende inocência de atingido em operação policial no Rio

O estudante de odontologia David Nobio está internado em estado grave, sob custódia, no Hospital Estadual Alberto Torres

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ)

,

Ouça o áudio:

David está no 3° período do curso de Odontologia da UFF; Família, amigos e professores negam o envolvimento do jovem com o crime / Reprodução Facebook

Um estudante de Odontologia da Universidade Federal Fluminense (UFF) está internado, sob custódia, em estado grave no Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. De acordo com a Polícia Militar, David Nobio, de 22 anos, foi baleado durante uma operação policial na Comunidade do Brejal, em Jardim Bom Retiro. A família nega qualquer envolvimento do jovem com o tráfico e alega que o universitário sempre se dedicou aos estudos e sonha passar para o curso de Medicina.

Além de David, Ramon Gregório, de 22 anos, também foi ferido e está internado na mesma unidade de saúde que o estudante, porém com um quadro mais estável. 

Nas redes sociais, o Diretório Acadêmico de Odontologia da UFF – Agripino Esther informou que “David sempre esteve ativo nas atividades acadêmicas da faculdade e que nunca esteve envolvido com práticas ilícitas, as quais está sendo incriminado. Em todos os momentos, mostrou ser um aluno dedicado, estudioso e disponível para ajudar outros estudantes da graduação”.

Tulio Mota, professor de Física e engenheiro em telecomunicações, deu aulas para David durante o curso pré-vestibular. O universitário não desistiu do sonho de estudar Medicina e conciliou a faculdade de Odontologia com o cursinho. Segundo Mota, o jovem sempre foi muito dedicado e querido pelos alunos e equipe pedagógica.

“Ele sempre foi um aluno muito esforçado, fez o PH [curso pré-vestibular] por dois anos e mesmo depois de ter sido aprovado para Odontologia, ele ainda não estava satisfeito, porque o sonho dele é ser médico. David passou a fazer a faculdade na UFF e o cursinho como bolsista. Inclusive, ele sempre tirou notas boas e a bolsa foi uma consequência disso”, destacou.

Por meio de nota, a Universidade Federal Fluminense (UFF) informou que a Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis e um assistente social foram ao hospital oferecer apoio à família e que a direção da Faculdade de Odontologia também se colocou à disposição. A assessoria informou também que a UFF consultará à Procuradoria Geral para buscar amparo jurídico e reivindicar a apuração dos fatos para que os responsáveis sejam identificados e processados.

A versão da polícia

Já a assessoria de imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informou que, segundo o 7° Batalhão da PM de São Gonçalo, na tarde de sábado (26), os policiais foram acionados para verificar roubos na BR-101 e que após um confronto com criminosos na comunidade do Brejal, os policiais encontraram dois feridos e apreenderam uma pistola calibre 380 com numeração raspada, dois rádios comunicadores, 186 pinos de cocaína e 34 trouxinhas de maconha. De acordo com o órgão, os feridos foram encaminhados ao Hospital Estadual Alberto Torres e a ocorrência registrada na 74° Delegacia de Polícia.

A Polícia Civil informou que, segundo a 74ª DP (Alcântara), David Nobio e Ramon Gregorio foram presos em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas, associação para o tráfico, porte ilegal de arma de fogo e tentativa de homicídio contra policiais militares.

 

Edição: Mariana Pitasse