CARNAVAL

Bloco Doidin é Doidin realiza vivência de Ala Ursa para crianças neste domingo

Brincadeira será realizada em João Pessoa, na Praça da Paz, no bairro dos Bancários, a partir das 15h

Brasil de Fato | João Pessoa (PB)

,
A prévia do Doidin é Doidin acontece com a vivência de Ala Ursa. Qualquer criança pode participar. / Divulgação

A manifestação de Ala Ursa é bastante comum durante o carnaval na capital paraibana. É uma tradição onde as crianças se vestem de urso e saem pelas ruas batendo latas e pedindo dinheiro sob o som: “Ala ursa quer dinheiro, quem não der é pirangueiro!”.

O bloco infantil Doidin é Doidin sai desde 2012 pelas ruas do bairro do Castelo Branco, em João Pessoa, e vai realizar neste domingo (17) uma vivência de Ala Ursa. A brincadeira vai acontecer na Praça da Paz, no bairro dos Bancários, a partir das 15h. Qualquer criança pode participar. “Realizamos nas prévias do bloco o que a gente chama de vivência de Ala ursa. Ala Ursa é uma manifestação local, principalmente dos bairros da periferia, que até hoje realizam, mas há alguns anos atrás, era realizada em quase todos os bairros da cidade, mas é uma manifestação muito popular, dos setores mais populares da cidade”, explica Paula Adissi, uma das organizadoras do bloco.

Além dessa brincadeira de criança inocente e despretensiosa nas ruas, algumas Alas Ursas se profissionalizaram e viraram blocos de carnaval que desfilam durante o chamado Carnaval Tradição, promovido pela Prefeitura de João Pessoa.

No entanto, o que o Doidin Doidin pretende é despertar nas crianças a brincadeira do carnaval.

“A Ala ursa é uma manifestação cultural, uma brincadeira infantil, onde as crianças saem batendo lata, perturbando a vizinhança, perturbando as ruas e pedindo em troca dinheiro ou doce. A gente realiza a oficina porque é uma manifestação local, uma forma de ter uma identidade própria da cidade de João Pessoa, e a gente quer dar visibilidade a esta manifestação e quer que nossas crianças vivenciem essa cultura. As crianças brincam, as crianças confeccionam seus instrumentos, cantam e se manifestam. E em muitos casos as próprias crianças fazem a Ala ursa sem nenhuma presença de adulto, de forma autônoma. Então é esse reconectar com nossa tradição e com a arte que a gente busca, por isso a gente realiza essa vivência”, completou Paula.

Cartaz do Doidin é Doidin 2019 / Foto: Divulgação.

O bloco Doidin é Doidin vai sair dia 24 de fevereiro, às 16h, em frente a Praça em frente a Igreja São Rafael, no bairro do Castelo Branco e a vivência de Ala Ursa será neste domingo (17).

Edição: Heloisa de Sousa