Mensagem

Lula se solidariza com vítimas da chacina em Suzano: "Não precisamos de mais armas"

Em nota divulgada nesta quarta, ex-presidente faz apelo àqueles "que incentivam a cultura do ódio e da violência"

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça o áudio:

Prisão política do ex-presidente Lula (PT) completa um ano em abril / AFP

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) enviou uma mensagem de solidariedade às vítimas do massacre ocorrido na manhã desta quarta-feira (13) em Suzano (SP). O texto foi publicado na conta oficial do petista no Twitter às 18h42, e contém um apelo àqueles "que incentivam a cultura do ódio e da violência".

Em janeiro, o presidente Jair Bolsonaro (PSL), conhecido por fazer um gesto com as mãos simbolizando armas de fogo, publicou um decreto para flexibilizar a posse de armas no Brasil. Especialistas ouvidos pelo Brasil de Fato entendem que a medida dificulta a prevenção de casos como o de Suzano.

Dez pessoas foram mortas a tiros na escola estadual Raul Brasil em Suzano, região metropolitana de São Paulo, em um atentado cometido por Guilherme Talci Monteiro, de 17 anos, e Luiz Henrique de Castro, de 25. Ambos são ex-alunos da escola e cometeram suicídio, segundo a Polícia Militar do Estado de São Paulo – eles estão inclusos na contagem oficial de óbitos.

Confira na íntegra o texto assinado por Lula e publicado nas redes sociais do ex-presidente:

 



(Reprodução/Twitter)

 

Edição: Daniel Giovanaz