PIOR AVALIADO

Aprovação de Bolsonaro despenca 15 pontos percentuais e desconfiança chega a 44%

Presidente é o mais mal avaliado em primeiro mandato nos três primeiros meses desde 1995

Brasil de Fato | São Paulo

,
Bolsonaro esteve essa semana nos EUA para encontro com Trump / Casa Branca/Divulgação

Segundo o povo brasileiro, o governo Bolsonaro começou mal. As idas e vindas, trapalhadas, recuos, ataques à previdência e confusões nas redes sociais e no alto escalão, assim como as denúncias de corrupção e a proximidade de sua família com as milícias e com o assassinato de Marielle Franco, parecem ter impactado a imagem do ex-capitão reformado do Exército. Em janeiro deste ano, de acordo com pesquisa divulgada hoje pelo Ibope, 49% das pessoas avaliavam o governo como Ótimo/Bom. Em fevereiro, eram apenas 39% e agora em março chega a apenas 34%.

(Fonte: Ibope/Inteligência)

A pesquisa, que ouviu 2.002 pessoas entre 16 e 19 de março e tem 95% de índice de confiabilidade, mostrou também que hoje 49% acreditam no presidente e 44% não. Em fevereiro, 55% confiavam. Já em janeiro, o número era de 62% contra 30% de desconfiados

(Fonte: Ibope/Inteligência)

Comparado aos governos anteriores, o primeiro mandato de Bolsonaro registra médias piores em março do que o primeiro mandato de FHC (41) e Dilma (56) e dos dois de Luiz Inácio Lula da Silva (51 e 49).

(Fonte: Ibope/Inteligência)

A curva negativa também aparece na avaliação da forma como Bolsonaro está governando o país. Em janeiro, 67% aprovavam os métodos do presidente. Agora, apenas 51% mostram percepção parecida e 10% não opinaram.

Edição: Pedro Ribeiro Nogueira