Esporte

Coluna Curto e Grosso | Monopólio da Globo na berlinda

O Esporte Interativo causará um rebuliço no modo como nos acostumamos a ver futebol nos últimos tempos

Brasil de Fato | Belo Horizonte (MG)

,
Palmeiras e Athlético-PR ainda não fecharam com a Globo / Foto: Divulgação Esporte Interativo

Salve, salve, meu povo! 

Após anos de monopólio da Rede Globo nas transmissões de futebol, parece que este ano a coisa vai ser bem diferente. A estreia do canal a cabo Esporte Interativo causará um rebuliço no modo como nos acostumamos a ver futebol nos últimos tempos. 

Como Palmeiras e Athlético-PR ainda não fecharam com a Globo, com vistas no canal a cabo, suas partidas pelo Brasileirão serão transmitidas apenas quando jogarem com outros clubes da série A que também tenham assinado com o EI (caso de Bahia, Ceará, Fortaleza, Internacional e Santos). 

Todos sabemos que o monopólio da Globo sobre o futebol fez com que os clubes vivessem presos aos mandos da emissora carioca. Infelizmente, a inexistência de uma liga de futebol em que os clubes pudessem negociar em conjunto e fortalecer o campeonato como um todo, diminuindo as discrepâncias econômicas e aumentando a competitividade, pode fazer com que a entrada de novos grupos, dispostos a pagar pelo futebol, gere ainda mais diferenças. 

Cada clube fecha contrato com quem achar melhor e ponto final. Enquanto isso, o torcedor que foi retirado dos estádios, por não conseguir pagar seu ingresso, agora pode ver cada vez menos seu time também na TV aberta.

Edição: Wallace Oliveira