ECONOMIA

Confira as alterações nas regras do INSS para prova de vida e renovação de senhas

A partir desta terça-feira (26) os procedimentos podem ser feitos por meio de atendimento eletrônico

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça o áudio:

Desde 2012, segurados do INSS devem comprovar que estão vivos para manter o benefício ativo / Marcelo Camargo/Agência Brasil

O Ministério da Economia resolveu alterar as regras para prova de vida e renovação de senha dos beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). A partir desta terça-feira (26), os procedimentos podem ser realizados no atendimento eletrônico por meio da biometria ou identificação por funcionário do banco pagador. Ainda há a possibilidade do beneficiário enviar um representante legal ou procurador, que precisa estar cadastrado no INSS ou na instituição financeira.  

Quem tem dificuldades de locomoção ou mais de 80 anos, pode solicitar que a prova de vida seja feita na sua própria residência ou outro local informado previamente. Nesses casos, o requerente deve apresentar atestado médico ou declaração emitida por uma unidade de saúde. 

Os serviços devem ser agendados com antecedência pela Central de atendimento 135 ou pelo site Meu INSS. O órgão informa que a prova de vida e o desbloqueio do crédito, perante o banco será feito imediatamente, com a identificação do titular, procurador ou representante legal.

 

Edição: Michele Carvalho