Rádio

Reforma Trabalhista é debatida no Programa Brasil de Fato Pernambuco

Entrevista com o economista e professor Márcio Pochmann é destaque nesta edição

Recife (PE) | Brasil de Fato

,

Ouça o áudio:

Márcio Pochmann é reconhecido como um dos principais economistas brasileiros / Agência Brasil

O Programa Brasil da Fato Pernambuco desta quinta-feira (28) abordou o saldo do primeiro ano da reforma trabalhista e a precarização do trabalho.

Em entrevista, Márcio Pochmann, economista, pesquisador e professor da Unicamp afirma que a flexibilização e precarização das leis trabalhistas não produziu o resultado esperado, que seria a geração de mais empregos. Segundo Pochmann, "a redução de direitos trabalhistas não representa solução para os problemas que os trabalhadores têm vivenciado neste momento". Márcio é reconhecido como um dos principais economistas brasileiros, foi secretário da Prefeitura de São Paulo na gestão Marta Suplicy, também foi presidente do IPEA, nos governos Lula e Dilma e é autor de dezenas de livros, tendo conquistado três prêmios Jabuti nas áreas econômica e social.

Também nesta edição, o colunista Aristóteles Cardona Júnior, comentou sobre a medida do ministro Sérgio Moro que propõe a redução de impostos sobre o cigarro. Para Aristóteles, "de todas as medidas tomadas pelo atual governo, esta é uma das mais absurdas".

Você confere ainda a tradicional Agenda Cultural, com dicas de exposição, teatro e museu.

O programa vai ao ar de segunda a sexta,  pela Rádio Clube 720 AM, das 14h às 15h. Você também pode ouvir os nossos conteúdos pelo site: radio.brasildefato.com.br ou pelo aplicativo do Brasil de Fato, disponível na Google Play.

Edição: Rani de Mendonça