LULA LIVRE

Movimentos Sociais realizam ato pela liberdade de Lula neste domingo em JP

A mobilização acontece, a partir das 15h, no Parque da Lagoa, centro da capital paraibana

Assessoria de Imprensa PT-PB

,
Atos acontecem em todo o Brasil, neste dia 7, pela liberdade de Lula. / Divulgação

No próximo domingo (7) completa 1 ano da prisão injusta do ex-presidente Lula; preso político, condenado sem quaisquer provas dos supostos crimes que teria cometido. Nesta data, o Partido dos Trabalhadores na Paraíba (PT/PB) se une a diversos movimentos sociais para o “Ato Lula Livre". A mobilização acontece a partir das 15h, no Parque Solon de Lucena (Parque da Lagoa), no centro de João Pessoa.

A programação conta com celebração inter-religiosa e apresentações culturais. A atividade na capital paraibana faz parte de uma agenda nacional de luta pela liberdade do ex-presidente, na Jornada Lula Livre, entre os dias 7 e 10 deste mês, e em todo o país.

Para Lúcia Andréia, coordenadora do movimento de moradia ‘Mãos Dadas’ e uma das organizadoras do Ato Lula Livre, foi nos governos do ex-presidente que a população carente passou a ter direitos até então negligenciados pelas autoridades. Ela acredita que foi através da gestão desempenhada por Lula à frente do Governo Federal, que o brasileiro pôde se orgulhar do país em que vive.

“Hoje vemos acontecer um retrocesso muito grande, com esse possível encerramento do ‘Minha Casa, Minha Vida’, famílias voltando a morar em acampamentos, barracos de lona ou ocupando prédios abandonados porque não podem pagar aluguel, no governo de Lula tivemos avanços, o país cresceu, a democracia realmente existiu”, defendeu Lúcia. “Nós não aceitamos injustiças e lutamos por um país de igualdade, onde todos possam ter orgulho do Brasil, como era com Lula presidente; no tempo em que as famílias tinham mais alimentos na mesa e dignidade para entrar em suas casas; o povo teve mais trabalho, teve acesso a universidades e escolas. É diante de tudo isso que eu digo que sou Lula Livre”, disse.

O presidente do Partido Socialismo e Liberdade na Paraíba (PSOL/PB), Tárcio Teixeira, acredita que a luta pela liberdade de Lula é maior que qualquer diferença ideológica. Segundo ele, a prisão do líder político mais popular da história do Brasil tem motivação política e por isso a Jornada Lula Livre é fundamental também para a defesa da democracia.

“A construção dos atos pela liberdade do ex- presidente Lula é sinônimo de luta pela democracia, é uma jornada para além das nossas diferenças programáticas, é luta contra uma prisão política, sem provas, que tem como objetivo seguir o golpe iniciado em 2016”, apontou. “Nós do PSOL estivemos na oposição aos governos Lula e Dilma, mas nem por isso vamos compactuar com golpe ou ataque a direitos democráticos”, destacou o presidente do PSOL.

Para a secretária de mobilização do PT/PB e uma das organizadoras do evento, Cely Andrade, a jornada tem como pauta os legados do governo Lula. Ela defende que a união de organizações e lideranças deve fazer do ‘Ato Lula Livre’ uma grande manifestação na luta por justiça.

“Este ato está sendo construindo por mais de 30 organizações; como movimentos sindicais, movimentos sociais do campo e da cidade, o movimento de mulheres e feministas, partidos políticos e parlamentares, artistas e todos os lutadores e lutadoras que querem ver o presidente Lula em liberdade. Estamos muito confiantes de que será um grande ato, uma grande manifestação em defesa de Lula e um momento de denunciar as injustiças cometidas pelo poder judiciário brasileiro”, afirmou.

Programação

Mais de 20 artistas confirmaram presença e devem se apresentar durante a programação cultural, no Ato Lula Livre, neste domingo (7). Entre os nomes estão a cantora Val Donato, Eleonora Falcone, o cantor Escurinho, Adeildo Vieira, Fuba e outros. As bandas Avuô de Pifes e Pau de dar em doido também estão confirmadas. Além deles, a atriz Eunice Boreal apresenta uma performance, em defesa da liberdade de Lula.

Confira a lista completa de artistas confirmados para o evento:

Eleonora Falcone, Fubá, Kennedy Costa, Milton Dornellas, Dario Junior, Ndee Negão e DJ Black, Coral Voz Ativa, MC Jr Santos, Escurinho, Pau de Dar em Doido, Bira Delgado, Meire Lima, Cida Alves, Adeildo Vieira, Guardiões de Angola, Rapper Fontes, Banda Avuô de Pifes, Tia Ciata, Val Donato, Eunice Boreal (performance) e Cia de Teatro ‘Oxente’.

Edição: Heloisa de Sousa