GERAL

Aeroportos passam a fiscalizar tamanho da bagagem de mão

Padrão determina 55 cm de altura, 35 cm de largura e 25 cm de profundidade, com até 10kg

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça o áudio:

Medida acontecerá, inicialmente, nos terminais de Brasília, Curitiba, Campinas e Natal / Valter Campanato Agência Brasil

Neste mês, as empresas aéreas do país começaram a fiscalização do tamanho das bagagens de mão de passageiros em voos nacionais. A partir desta quinta-feira (25), em quatro aeroportos do Brasil, as bagagens que estiverem acima do tamanho padrão terão que ser despachadas, com o valor calculado de acordo com o peso.

Nos aeroportos Juscelino Kubitschek de Brasília, Afonso Pena de Curitiba, Viracopos Campinas/SP e em Aluízio Alves de Natal a medida já está em ação.

Em outros nove terminais, as aéreas estão orientando os passageiros sobre as normas em vigor, mas o despacho obrigatório ainda não vai valer. Em maio, a orientação será feita em mais dois aeroportos.

Até 23 de maio, às bagagens de mão fora do padrão passarão a ser obrigatoriamente despachadas em 15 terminais do país.

Antes de entrar nas áreas de embarque, os passageiros terão que verificar se o tamanho das bagagens está de acordo com os padrões definidos: 55 centímetros de altura x 35 centímetros de largura e 25 centímetros de profundidade.

Nas quatro companhias participantes – Latam, Gol, Azul e Avianca Brasil – o valor da bagagem despachada varia entre R$ 59 e R$ 220.

Edição: Tayguara Ribeiro