DANÇA

Cais do Sertão recebe quadrilhas nos finais de semana no projeto Anavantu

Projeto leva quadrilhas juninas do Recife, Região Metropolitana e Agreste para ensaios abertos no vão livre do museu

Brasil de Fato | Recife (PE)

,
Evento é construído com o apoio da Federação de Quadrilhas Juninas e Similares de Pernambuco (Fequajupe) / Reprodução

O Museu Cais do Sertão recebe, neste fim de semana, as quadrilhas Chapéu de Palha, de Água Fria e a Lumiar, do bairro do Pina, para mais um ensaio aberto na área externa do centro cultural. As apresentações acontecem nesse sábado (4) e domingo (5), a partir das 14h. O atrativo é gratuito e aberto ao público.

A iniciativa, que já inicia a preparação para o São João,  movimenta os artistas: em 2018, o Anavantu no Cais do Sertão reuniu 700 profissionais, entre eles quadrilheiros, todos envolvidos com dança, direção, produção, os familiares e moradores das comunidades dos grupos juninos.

O projeto tem parceria com a Federação de Quadrilhas Juninas e Similares de Pernambuco - Fequajupe. Em 2019, o programa recebe sete equipes: Quadrilha Matutinho Dançante (Ibura); Quadrilha Balão de Prata (São Lourenço); Quadrilha Chapéu de Palha (Água Fria); Quadrilha Lumiar (Pina). Nos próximos finais de semana, se apresentam as quadrilhas Arrocha o Nó (Cohab/ Recife) no dia 25 de maio ; Raízes do Nordeste (Paranatama) no dia 26 de maio; e Chá de Zabumba (Prazeres) no dia 02 de junho.

Edição: Monyse Ravenna