Programa Brasil de Fato

Confira a edição de São Paulo do Programa Brasil de Fato - 07/05/19

Bolsonaro assina decreto que permite porte de arma municiada para colecionadores, atiradores esportivos e caçadores

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça o áudio:

A legislação antiga não permitia o porte de arma municiada pelo grupo dos CAC / Agência Brasil | EBC

O Programa Brasil de Fato desta terça-feira (07) traz informações sobre o decreto de Jair Bolsonaro, que pretende facilitar o porte de armas para colecionadores, atiradores esportivos e caçadores, grupo conhecido como CAC no Brasil. 

 

De acordo com o presidente, o grupo poderá portar arma com munição. “Pode ficar tranquilo. CAC não vai ter quantidade [limite] de munição. Vai poder transportar arma municiada”. A legislação permite que o grupo porte armas, mas apenas separadas da munição. A regra inibe o uso da arma de forma impulsiva, já que o artifício não está pronto para disparar a qualquer momento.

Você ouve ainda a entrevista ao vivo com Juliane Furno, economista, doutoranda em desenvolvimento econômico na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), para falar sobre o percentual de famílias brasileiras endividadas, que cresceu pelo terceiro mês consecutivo em março.

De acordo com ela, o desemprego é o principal fator para as dívidas. “Nas séries históricas, toda vez que o desemprego no Brasil está baixo, o índice de endividamento também acompanha a baixa. E sempre que o desemprego aumenta, essas dívidas também aumentam para as famílias. Uma vez que a pessoa não consegue pagar suas contas, ela acaba com o nome sujo no Serviço de Proteção ao Crédito (SPC)”. 

No quadro Alimento é Saúde, você confere os benefícios do abacate, uma fruta que pode ser usada em várias receitas, como guacamole, sopas, picolés e vitaminas. 

Confira

O Programa Brasil de Fato é veiculado ao vivo na Rádio Terra HD 95,3 FM, na Rádio Brasil Atual 102,7 FM e na Rádio Super 87,5 FM, das 12h às 13h. 

Você também pode ouvir os nossos conteúdos pelo site: radio.brasildefato.com.br ou pelo aplicativo do Brasil de Fato, disponível na Google Play.

 

Edição: Michele Carvalho