Desmonte da educação

Ministério Público do Paraná se manifesta em favor das universidades públicas

Sociedade e organizações estão puxando um ato para quarta-feira (08)

Brasil de Fato | Curitiba (PR)

,
Local do ato contra os cortes, praça Santos Andrade, em Curitiba, historicamente tem se firmado como espaço de luta pela educação. / Renata Peterlini

O Ministério Público do Paraná se manifestou nesta segunda-feira, 6 de maio, por meio de nota pública em relação ao recente anúncio do Governo Federal, por meio do Ministério da Educação, sobre o bloqueio de 30% do orçamento destinado ao custeio das instituições federais de ensino superior – entre elas a Universidade Federal do Paraná (UFPR), a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e o Instituto Federal do Paraná (IFPR),


Na nota, o MPPR destaca que “tal defesa institucional se dá sobretudo diante de ameaças que, a pretexto de justificativas contábeis, possam oferecer concreto risco de retrocesso, na contramão dos legítimos anseios de um plus civilizatório para a construção de uma sociedade progressivamente melhor e mais justa”.



Confira a íntegra da nota:



                                    



Manifestação



Com o tema "Eu to na LUTA pela Educação Pública", discentes, docentes, sociedade em geral e organizações como CWB Resiste, Coletivo Lutar e Educar sem Medo, Coletivo Outros Outubros Virão e Coletivo Alicerce, estão puxando um ato em Curitiba em defesa das Universidades Públicas e contra os cortes do Governo Federal. O ato está marcado para quarta-feira (08) às 18h na Praça Santos Andrade. Ao longo da semana, estão sendo realizados debates e aulas públicas no pátio da reitoria da UFPR.


Edição: Laís Melo