SAÚDE

Ministério da Saúde apresenta medida para postos de saúde funcionarem até as 22 hs

Autorização está prevista para sair nesta quinta-feira (09) em portaria do Ministério da Saúde

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça o áudio:

Outra novidade prevista na portaria, segundo Mandetta, é a possibilidade de cada unidade básica de saúde poder contar com até seis equipes / Wilson Dias | Agência Brasil

O Ministério da Saúde, pública nesta quinta-feira (09), portaria que prevê que os municípios que quiserem aumentar o horário de atendimento de Unidades Básicas de Saúde (UBSs) irão receber mais auxílios do Governo Federal.

A intenção do ministério é atender a grande demanda de pessoas que utilizam as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e emergências de hospitais, que precisam se dedicar em atendimentos mais complexos.

Para aderir à proposta, as UBSs deverão funcionar durante 60 ou 75 horas semanais, sem intervalo de almoço e, opcionalmente, aos sábados ou domingos. Atualmente, a maior parte das UBS funcionam por 40 horas semanais. O serviço que funciona até as 17hs, com a mudança ficaria aberto até as 22hs.

Os postos que aderirem a nova jornada devem organizar melhor o esquema de trabalho dos funcionários, tendo disponíveis mais equipes e, em alguns casos, triplicando a verba de custeio.

Ainda segundo o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, a partir da publicação da portaria, prefeitos e secretários municipais de Saúde terão de se organizar para definir qual a carga horária das UBSs, do respectivo município.

Edição: Michele Carvalho