Memória

Livro "Sem Terra em Cartaz" resgata história de luta pela reforma agrária no Brasil

Lançamento da publicação da Editora Expressão Popular faz parte da programação do Seminário Terra e Território

Brasil de Fato | Guararema (SP)

,

Ouça o áudio:

O MST se organiza desde 1984 na luta pela terra / Arquivo MST

Durante o Seminário Terra e Território: Diversidade e lutas, que acontece até este sábado (8) na Escola Nacional Florestan Fernandes (ENFF), em Guararema (SP), foi lançado o livro Sem Terra em Cartaz, da Editora Expressão Popular. 

A publicação resgata, entre outras coisas, as experiências e vivências do MST na luta pela reforma agrária por meio de cartazes. São mais de 400 imagens de diversos momentos históricos e arquivos de assentados, educadores, técnicos e a militância do movimento.

Segundo Thiago Manginni, integrante do clube do livro da editora, o livro proporciona uma viagem pela história da luta dos trabalhadores e trabalhadoras no Brasil.

“É um material muito rico e belo pra gente passear por essa história, revisitar quem viveu esses períodos e, pra quem não conhece, poder fazer essa viagem seguindo essas temáticas propostas na apresentação do livro”, completa.

 

Adquira seu exemplar no site da Expressão Popular.



A entrevista completa com Thiago Manginni está disponível em áudio.

Acompanhe no Brasil de Fato a cobertura especial do evento.

Edição: Geisa Marques