Programa Brasil de Fato

Confira a edição de São Paulo do Programa Brasil de Fato - 01/07/19

Ouça sobre os novos vazamentos do Intercept, a resistência contra a PL da Cesárea e os benefícios do feijão branco

Brasil de Fato | São Paulo (SP) |

Ouça o áudio:

As negociações entre a OAS e a Lava Jato começaram em fevereiro de 2016 e as mensagens acima datam de agosto do mesmo ano
As negociações entre a OAS e a Lava Jato começaram em fevereiro de 2016 e as mensagens acima datam de agosto do mesmo ano - Reprodução The Intercept Brasil - Vaza Jato

O Programa Brasil de Fato desta segunda-feira (01) traz detalhes sobre a reportagem dos novos vazamentos sobre a operação Lava Jato, do The Intercept Brasil. Novas mensagens mostram que um dos procuradores do Ministério Público Federal, Léo Pinheiro, só aceitou delação de empresário após ele denunciar o ex-presidente Lula.

Pinheiro é responsável pelo depoimento que incriminou o ex-presidente no caso do Triplex do Guarujá.

"Léo Pinheiro, que ao longo do processo nunca havia incriminado Lula, foi pressionado e repentinamente alterou sua posição anterior em troca de benefícios negociados com procuradores de Curitiba, obtendo a redução substancial de sua pena'', declarou a defesa do ex-presidente no caso, em nota divulgada na manhã deste domingo (30), assinada pelos advogados Cristiano Zanin e Valeska Martins.

Você também confere o comunicado da Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo contra a aprovação do Projeto de Lei 435 de 2019 da deputada estadual Janaina Paschoal. O texto ficou conhecido como “PL da Cesárea”, por tentar permitir que gestantes do SUS optem por cesárea, mesmo sem indicação médica.

E no quadro Alimento é Saúde, ouça sobre os benefícios do feijão branco, um poderoso aliado para uma alimentação rica em nutrientes.

Confira

O Programa Brasil de Fato é veiculado ao vivo na Rádio Terra HD 95,3 FM, na Rádio Brasil Atual 102,7 FM e na Rádio Super 87,5 FM, das 12h às 13h. 

Você também pode ouvir os nossos conteúdos pelo site: radio.brasildefato.com.br ou pelo aplicativo do Brasil de Fato, disponível na Google Play.
 

Edição: Michele Carvalho