BARRAGENS NO RS

MAB oficializa propostas para a subcomissão de barragens da ALRS

Segundo a entidade, é fundamental e urgente o avanço na garantia de direitos para quem vive no entorno das barragens

Brasil de Fato | Porto Alegre (RS)

,
Representantes do MAB no RS entregaram propostas para compor o relatório final da Subcomissão de Barragens da Assembleia / Fotos: Divulgação MAB

O Movimento de Atingidos por Barragens do Rio Grande do Sul (MAB) entregou, na última sexta-feira (28), para a subcomissão de barragens da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul (ALRS), um ofício com as propostas dos atingidos por barragens do RS para compor o relatório final da Subcomissão de Barragens da Assembleia.

A Subcomissão, aprovada pela Comissão de Saúde e Meio Ambiente da ALRS, atuou durante 120 dias promovendo audiências públicas no estado, sendo uma na Câmara de Vereadores de Erechim, em 24 de maio, e uma na ALRS, no dia 3 de junho. Dos debates realizados, resultou a elaboração de um relatório final que aponta os problemas e propõe soluções na área de segurança de barragens.

Enquanto atingidos e atingidas por barragens e entidade representante destes, o MAB participou de todas as audiências e elaborou um documento, em forma de ofício, com diversas proposições para que se avance no tema da segurança das populações atingidas e ameaçadas que vivem no entorno e a jusante das barragens no estado.

Para o MAB, considerando o descaso com que as empresas donas das barragens tem em relação à segurança do povo e a não efetivação da política estadual de direitos das populações atingidas e ameaçadas, é fundamental e urgente o avanço na garantia de direitos para quem vive nessas localidades.

Ofícios foram entregues a deputados que acompanham a situação das barragens no RS 

Os ofícios foram entregues no gabinete do deputado Paparico Bacchi (PL), que é presidente da Subcomissão de Barragens da ALRS, e no gabinete do deputado Juliano Franczak, o Gaúcho da Geral (PSD), que é presidente da Frente Parlamentar de Análise da Situação das Barragens do RS.

* Grasiele Berticelli é integrante da Coordenação Estadual do Movimento de Atingidos por Barragens (MAB-RS)

Edição: Fabiana Reinholz