CULTURA

Guia de férias em Petrolina: Confira opções de lazer baratas na cidade

Teatro, cinema e espaço ao ar livre são opções para quem quer lazer na cidade

Brasil de Fato | Recife (PE)

,
O Brasil de Fato Pernambuco reuniu dicas para quem quer curtir o recesso com opções de lazer e cultura acessíveis / Prefeitura de Petrolina

Em Petrolina, no sertão do São Francisco, o mês de julho pode ser um bom período para conhecer melhor a cidade. As temperaturas um pouco mais amenas e o período de férias são ideais para incentivar os passeios pela cidade. Por isso, o Brasil de Fato Pernambuco reuniu dicas para quem quer curtir o recesso com opções de lazer e cultura acessíveis. Confira: 

Teatro Dona Amélia

O único teatro da cidade, o Teatro Dona Amélia leva o nome de Amélia Oliveira da Silva, uma das mestras do samba de coco da Ilha do Massangano, uma das expressões culturais mais conhecidas da região. Além da programação de teatro para crianças e adultos nos fins de semana, durante o mês de Julho o Teatro se reúne com outras instituições para abrigar o projeto nacional Cine Sesc, que realiza diversas sessões com filmes nacionais. Todas as exibições são gratuitas. No dia 17, a programação acontece no IF Sertão, com a exibição do filme "O Abraço da Serpente" a partir das 19h. A programação encerra no dia 31 de volta ao Dona Amélia, com o filme "Baronesa". O teatro fica na Av. Fernando Góes, S/N, Centro.

Espaço Cultural Janela 353

Localizado no centro da cidade, o Janela 353 é um espaço de produção e difusão cultural de várias expressões artísticas. Teatro, cine clube, bazar, aulas de yoga e diversas rodas de conversa acontecem semanalmente no espaço. Uma das atividades fixas do local é o Cine Raiz, com exibições de filmes e documentários e rodas de debate sobre as produções. O evento é gratuito e acontece todos os sábados, a partir das 18h. 

Espaço Cultural Ana das Carrancas

A Galeria Ana das Carrancas foi inaugurada em 2009, com o nome do espaço homenageando Ana Leopoldina dos Santos. pernambucana de Ouricuri, ela fez das carrancas de barro de olhos vazados o seu instrumento de trabalho e de expressão artística. Durante todo o período de férias, a galeria recebe a exposição “Tempo, Espaço e Imaginário” com obras do artista Antonio Carlos Coelho de Assis, conhecido como Coelhão, da cidade vizinha, Juazeiro (BA), com obras que apresentam elementos da paisagem e do imaginário do povo ribeirinho. O espaço fica na R. Pacífico da Luz, 618, Centro e é aberto para visitas de terça a sexta das 8h às 20h e sábados das 16h às 20h. A entrada é gratuita. 

Museu do Sertão

Localizado na cidade de Petrolina, o Museu do Sertão é um registro histórico da vida do povo sertanejo. O museu tem um acervo de cerca de 3.500 peças que contam a história do sertão. Dividido em três salões, traz uma linha do tempo da vida do povo sertanejo desde a sua chegada no Sertão do São Francisco até a história recente da cidade. O primeiro salão traz uma série de peças arqueológicas que mostram a fauna e flora da caatinga. O segundo é um grande acervo de fotografias de Petrolina e o terceiro, e último, é uma sala de visitação com uma linha do tempo política da cidade. O Museu do Sertão fica na Rua Esmelinda Brandão, S/N, Centro. Fica aberto das 09:00h às 17:00h e a entrada é gratuita.

Ilha do Fogo

Localizada entre as cidades de Petrolina e Juazeiro, a Ilha do Fogo é parte da paisagem das cidades uma opção de fácil acesso para quem deseja se banhar nas águas do Velho chico. Para chegar, o aconselhado é atravessar a ponte presidente Dutra a pé, já que é proibida a entrada de carros e motos no local. O local é aberto todos os dias e tem locais para banho, venda de alimentos e bebidas, além da prática de esportes aquáticos com preços que variam de R$ 10,00 a R$ 30,00, como o kaiak, stand-up paddle e pêndulo pela ponte.

Edição: Monyse Ravenna