PERSEGUIÇÃO

Bolsonaro xinga João Azevêdo e governador da PB condena postura do presidente

Declarações vazaram em áudio durante café com jornalistas esta sexta (19)

Brasil de Fato | João Pessoa (PB)

,
João Azevêdo (PSB), governador da Paraíba, se posicionou por rede social contra declarações de Bolsonaro (PSL). / Reprodução

Fato curioso aconteceu essa sexta (19) e teve como protagonista o presidente Jair Bolsonaro (PSL). Durante um encontro com jornalistas, o presidente sem saber que o áudio estava aberto, durante café com jornalistas em Brasília, disse ao ministro da Casa Civil, Onyz Lorenzoni: "O governador da Paraíba é pior que esse do Maranhão. Não tem que ter nada com esse cara".  Confira a seguir o momento do ocorrido:

João Azevedo, governador da Paraíba, é considerado ótimo e bom por 46,6% da população e está em seu primeiro mandato.

Bolsonaro ao assumir à presidência, em janeiro, disse que não é o presidente dos nordestinos, ao comentar os resultados das eleições, e parece estar levando esse fato a sério.

João Azevedo ao saber do comentário de Bolsonaro se posicionou pela redes sociais, ele disse: "A respeito das declarações do presidente Jair Bolsonaro, quero dizer que condenamos toda e qualquer postura que venha ferir os princípios básicos da unidade federativa e as relações institucionais deles decorrentes" e continuou: "A Paraíba e seu povo, assim como o Maranhão e os demais estados brasileiros, existem e precisam da atenção do Governo Federal independentemente das diferenças políticas existentes". O governador da Paraíba também disse que está disposto a  manter à institucionalidade entre governos estadual e federal: Estaremos, neste sentido, sempre dispostos a manter as bases das relações institucionais junto aos entes federativos, vigilantes à garantia de tudo aquilo a que tem direito. Pelo seu povo. E pela sua história".

Edição: Heloisa de Sousa