RÁDIO

Ouça o Programa Brasil de Fato - Edição Minas Gerais 03/08/2019

Assassinato de dois trabalhadores em comunidade do Rio de Janeiro completa quatro meses

Belo Horizonte

,

Ouça o áudio:

Pornografia induz homens a serem violentos com suas parceiras e podem causar impotência sexual / Reprodução

Pornografia é vício. Reportagem do Brasil de Fato MG mostra como esses filmes podem causar uma dependência comparável à que sofrem os usuários de outras drogas. E, o que é pior, induz a uma aprendizagem sexual distorcida, na qual homens, muitos deles adolescentes, passam a tratam suas parceiras sexuais de maneira violenta e invasiva. Além da dependência, consumo excessivo e permanente de filmes pornográficos podem gerar impotência sexual, frustrações e piora no relacionamentos. 

Violência e política. Faz quatro meses que soldados do Exército Brasileiro assassinaram dois trabalhadores em uma comunidade da Zona Norte do Rio de Janeiro. O músico Evaldo dos Santos Rosa e o catador de materiais recicláveis Luciano Macedo foram atingidos pela tempestade de 257 tiros e acabaram falecendo. Até hoje, famílias não receberam reparação pelos crimes. E o presidente Bolsonaro já deu declarações endossando a ação do Exército. E, como ele não perde tempo, na última semana, Bolsonaro zombou da morte do de Fernando Santa Cruz, sequestrado e assassinado pela ditadura militar. Famílias de desaparecidos políticos pedem que a Comissão Interamericana de Direitos humanos intervenha no caso. 

Memória e história. Filme dá visibilidade a matriarcas do Aglomerado da Serra, em Belo Horizonte. Ideia é romper com a visão promovida pela mídia comercial, que vê na favela um lugar do crime e da imundície. Projeto traz à tona as histórias de resistência, solidariedade e afeto que marcam a construção das periferias e de toda a cidade por mulheres negras. 

Edição: Minas Gerais