QUAL É O BAIRRO

Bairro nobre, Espinheiro é uma das regiões mais arborizadas do Recife

Bairro conta com a média de 24 árvores por rua

Brasil de Fato | Recife (PE)

,

Ouça o áudio:

Pela grande quantidade de bosques e regiões de mata preservada, uma das áreas da localidade passou a ser conhecida como "Beco do Espinheiro" / Reprodução

O atual bairro do Espinheiro teve origem numa região conhecida como Matinha, onde no século XIX já haviam alguns sítios. Pela grande quantidade de bosques e regiões de mata preservada, uma das áreas da localidade passou a ser conhecida como "Beco do Espinheiro" e anos depois, quando o povoado já ocupava quase todos os sítios, o nome Espinheiro se manteve. É uma área valorizada no Recife pelo mercado imobiliário, justamente porque foi ali que a classe média alta passou a construir ali vários casarões, que se mantiveram por anos.

O bairro mantém a característica residencial e com apenas 32 ruas, tem cerca de 800 árvores, uma média de 24 por rua. A Rua da Hora, localizada no bairro, foi batizada assim em homenagem ao médico Pedro da Hora Santiago, morador há muitos anos do bairro. A via, que com quase 1km de extensão liga as avenidas João de Barros e a Conselheiro Rosa e Silva, onde antigamente passavam trens urbanos, foi a primeira da cidade a se adaptar no conceito de Rua Completa, onde se pensa a mobilidade não apenas através dos carros, mas também pelos pedestres e ciclistas, na tentativa de tornar o trânsito mais democrático. Hoje, o bairro se mantém como uma área nobre com centros comerciais, edifícios empresariais e de apartamentos, com uma população de 10.438 habitantes, sendo 70,56% autodeclarada branca e com uma renda familiar média de R$ 7.299,96.

 

Edição: Monyse Ravenna