Em curitiba

Ex-presidente da FAO e "pai do pré-sal" visitam Lula: "Libertá-lo é libertar o povo"

José Graziano e Guilherme Estrella enalteceram o esforço dos integrantes da Vigília Lula Livre após encontro na PF

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça o áudio:

Estrella e Graziano atestaram a inocência de Lula / Joka Madruga / Agência PT

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso político desde abril de 2018, recebeu nesta quinta-feira (22) a visita do ex-presidente da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO), José Graziano, e do geólogo e ex-diretor de Exploração e Produção da Petrobras, Guilherme Estrella. Este último é considerado um dos responsáveis pela descoberta do petróleo na camada pré-sal, o que lhe rendeu a alcunha de "pai do pré-sal".

Após a visita, ambos fizeram um relato da experiência à Vigília Lula Livre, em frente à Superintendência da Polícia Federal em Curitiba (PR).

Graziano enalteceu o esforço dos integrantes da Vigília, que dura mais de 500 dias, e disse que a presença dos militantes mantém Lula motivado. "Trabalho com Lula desde 1981, e acho que nunca tinha visto o cara com tanta força, com tanta garra, com tanta vontade de lutar para defender o Brasil", disse.

Antes de concluir, o ex-presidente da FAO citou a importância do programa Fome Zero, que ele ajudou a construir, e que tem servido como inspiração para vários países no enfrentamento à miséria.

Estrella também citou a importância da Vigília para a renovação diária do ânimo do ex-presidente. "Vamos continuar na luta pela soberania nacional e para tirar ele daí. Porque a liberdade de Lula é a liberdade do povo, a minha a sua, a nossa", comparou.

Na interpretação de ambos, Lula é inocente e foi preso por motivações políticas. Por isso, não é possível reconstruir a democracia brasileira sem a sua libertação.

Releia a entrevista de José Graziano ao Brasil de Fato em junho deste ano.

Edição: Daniel Giovanaz