Programa Brasil de Fato

Confira a edição de São Paulo do Programa Brasil de Fato - 02/10/19

Ouça as notícias sobre a articulação contra a CPMI das Fake News e as manifestações em repúdio aos cortes na Educação

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça o áudio:

Na semana passada, a CPMI aprovou diversas convocações para depoimentos em audiências na Casa, contrariando o PSL e o Palácio do Planalto. / Pixabay

O Programa Brasil de Fato desta quarta-feira (02) mostra a articulação de membros da família Bolsonaro e do PSL contra a CPMI das Fake News.

Para o presidente da comissão, o senador Angelo Coronel, do PSD da Bahia, o intuito do inquérito é garantir eleição sem a interferência das redes sociais. 

“A CPMI é para proteger a sociedade brasileira de pessoas que utilizam-se de perfis falsos para depreciar seus alvos. A CPMI é para manter o pilar da democracia, para que as pessoas possam eleger seus governantes sem a interferência das redes sociais. O PSL está jogando para o colo dele, como se fosse para perseguir o presidente Jair Bolsonaro. Isso não é verdade”, defende o parlamentar.

Destaque também para a entrevista com Heleno Araújo, professor e presidente da CNTE - Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação. Nesta quinta (03) e sexta-feira (04), acontecem mobilizações no Brasil a favor da educação. O intuito é frear o projeto “Escola sem Partido”, a militarização de escolas e a retirada de verbas de universidades e programas de pesquisa.

“No golpe de 2016, foi aprovada uma emenda na Constituição Federal, que apontava congelar os gastos da educação em 20 anos. Isso, na verdade, não é um congelamento. Só reduz o orçamento a cada ano. A verba destinada à educação em 2017 e 2018 já foi menor, e nesse ano ficou ainda pior”, lamenta o professor.

E na coluna do Mouzar Benedito, conheça mais da expressão “Sétimo Céu”, de origem maometana. Para eles existem sete céus sobrepostos.

Confira

O Programa Brasil de Fato é veiculado ao vivo na Rádio Terra HD 95,3 FM, na Rádio Brasil Atual 102,7 FM e na Rádio Super 87,5 FM, das 12h às 13h. 

Você também pode ouvir os nossos conteúdos pelo site: radio.brasildefato.com.br.

 

Edição: Michele Carvalho