Futebol

Torcida do ABC (RN) pressiona diretoria por um “Novo ABC”

Alvo de protestos, gestão atual tem o desafio de resolver problemas financeiros e reerguer o clube na Série D

Brasil de Fato | Natal (RN)

,
Pauta de um ‘Novo ABC’ foi colocada novamente à tona pela torcida potiguar / Luciano Marcos/ABC F.C.

O ABC FC tem ano após ano acostumado a sua torcida a desfrutar de alguns meses de férias, quando encerra seu calendário logo no início do segundo semestre. Em 2019 não foi diferente, com o clube tendo finalizado sua última atuação na Série C, em meados de agosto, a torcida passou a acompanhar apenas os resultados das competições de base. Quando não se fala na base, se fala sobre os problemas da atual gestão: venda de terrenos, cabide de empregos, demissões e problemas financeiros, pautas diárias na imprensa potiguar.

A pressão da torcida vem se tornando maior, ao fim desta temporada e após o rebaixamento, a pauta de um ‘Novo ABC’ foi colocada novamente à tona, porém não mais absorvido pela torcida como nos anos anteriores.

Reforçando uma insatisfação já visível, nos últimos dias o Frasqueirão foi alvo de pichações que criticam a gestão atual. A forma de protesto pede a saída de Clécio Santos, atual responsável pelo setor financeiro do ABC, Clécio teve seu nome envolvido em uma operação realizada pela Polícia Federal que investigou irregularidades no IBAMA (onde na época exercia o cargo de superintendente), na ocasião Clécio foi afastado do cargo.

Talvez o 'Novo ABC' tenha realmente chegado, a torcida não aparenta mais aceitar nomes que em nada contribuem no clube. Fernando Suassuna tem grande um desafio em sua gestão, poderá ser lembrado por ter levado o time alvinegro ao fundo do poço, ou por ter reerguido o clube fazendo uma gestão transparente e horizontal que é o que a torcida tanto deseja.

*Ana Neves escreve para a Coluna do ABC no Brasil de Fato RN.

 

Edição: Isadora Morena