Truculência

Governo Ratinho Jr. ameaça novo despejo de sem-terra no Paraná 

Cerca de 50 famílias moradoras do acampamento Ester Fernandes, em Alvorada do Sul, estão sob ameaça de despejo imediato

Brasil de Fato | Curitiba (PR)

,

Ouça o áudio:

Governo Ratinho Jr. já fez sete despejos de famílias sem-terra no Paraná desde janeiro / Leandro Taques

Pelo menos dez carros da Polícia Militar e ônibus contratados pelo grupo Atalla estão em frente à entrada do acampamento Ester Fernandes, em Alvorada do Sul (PR), para executar uma ordem de reintegração de posse.  A área de 692 hectares pertence ao grupo Atalla, que possui dívidas com a União, Estado e dívidas trabalhistas, além de ter sido flagrado com trabalhadores em situação análoga à escravidão. As famílias acampadas fazem parte da Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) e vivem nas terras desde 2008. O município de Alvorada do Sul integra a Região Metropolitana de Londrina, no norte do Paraná.



Recorde de despejos

Já ocorreram sete despejos de famílias sem-terra executado no Paraná desde o início da gestão de Ratinho Junior à frente do governo do estado e de Jair Bolsonaro na presidência. A destruição da comunidade José Rodrigues ocorreu poucos dias após uma reunião entre o governador e uma comissão de sete bispos e representantes da CNBB do Paraná, em que foram pactuados compromissos do Estado com relação às inúmeras ameaças de reintegração de posse. 

 

Edição: Frédi Vasconcelos