ENSINO

Escolas municipais do Rio: matrícula para educação especial está aberta

A Secretaria Municipal de Educação vai colocar à disposição do público 69 locais com acesso gratuito à internet

Brasil de Fato | Rio de Janeiro (RJ)

,
Alunos que já estudam nas unidades da Rede Municipal terão a matrícula renovada automaticamente / Divulgação

O período de matrícula para o ano letivo de 2020 para as unidades escolares da Prefeitura do Rio começará nesta quinta-feira (7), a partir das 7h. Entre os dias 7 e 14 de novembro, estarão abertas somente as inscrições para a Educação Especial, além das transferências para essa modalidade. A inscrição será realizada somente pela internet, no endereço eletrônico www.matricula.rio. Os alunos que já estudam nas unidades da Rede Municipal, inclusive nas creches e Espaços de Desenvolvimento Infantil (EDI), e não desejam se transferir, terão a matrícula renovada automaticamente com vaga garantida e não necessitam acessar o site.

As inscrições para alunos novos de Creche, Pré-escola, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA), além de transferências internas dos estudantes dessas modalidades de ensino já matriculados na Rede Municipal, serão realizadas também de forma online, nos seguintes períodos: 19 a 26 de novembro para Creche (crianças de 6 meses a 3 anos e 11 meses); 7 a 10 de janeiro de 2020 para transferência interna da Pré-escola, Ensino Fundamental e EJA (alunos de 4 anos em diante); e 16 a 21 de janeiro de 2020 para estudantes novos da Pré-escola, Ensino Fundamental e EJA (alunos de 4 anos em diante).

Polos com internet gratuita

A Secretaria Municipal de Educação vai colocar à disposição do público 69 locais com acesso gratuito à internet e funcionários para auxiliar no preenchimento do formulário a todos que não têm acesso à internet. O atendimento nesses postos será de segunda a sexta-feira, das 8h às 15h. A relação dos locais com conexão gratuita poderá ser consultada na Central de Atendimento da Prefeitura, através do telefone 1746. A informação também estará disponível nas secretarias das escolas municipais.

Edição: Mariana Pitasse