SINDICALISMO

CUT Pernambuco elege uma mulher para a vice-presidência

A presidência continuou com o professor Paulo Rocha

Brasil de Fato | Recife (PE)

,
Eleição aconteceu durante o Congresso Estadual da CUT / André Barreto

O 15° Congresso Estadual da CUT Pernambuco foi marcado por análises de conjuntura, balanço da última guestão e sobretudo pela expectativa para a eleição da nova diretoria da central. Do encontro, que aconteceu de 28 a 30 de Novembro saíram os nomes que devem gerir a central até 2013. Na diretoria executiva, a presidência será comandada pelo professor Paulo Rocha. E, pela segunda vez na história da central estadual, uma mulher ocupa o cargo de vice-presidenta. Quem assume é a diretora de Jovens e Mulheres do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares de Caetés, Uedislaine de Santana.

Paulo Rocha já estava como presidente da central, desde a saída de Carlos Veras para assumir a cadeira de deputado federal. Como historiador nato, em seu discurso, Paulo Rocha relembrou a história de luta dos trabalhadores e das trabalhadoras em busca dos direitos não só trabalhistas, mas também sociais. "Nós construímos diariamente um mundo em que as pessoas têm direito à liberdade, à moradia, à alimentação de qualidade. Temos o direito a ter uma vida digna! É isso que nos move e é o projeto histórico da CUT. E sobre este projeto não podemos baixar a guarda e nem a cabeça por conta dos atropelos de um governo autoritário que quer tirar os nossos direitos", disse. 

A supervisora técnica do DIEESE, Jackeline Natal, participou de uma das mesas do encontro e fez uma leitura de conjuntura econômica a partir dos dados referentes ao mercado de trabalho, além das medidas e apostas do governo federal. "Nós temos um déficit na arrecadação do estado, muito porque não temos empregos. Se as pessoas não têm renda, não conseguem comprar, nem investir no estado. O maior problema nisso é que o estado brasileiro escolhe equilibrar as contas nos gastos, que não mudaram. Os "gastos", neste caso, são as políticas públicas", conta Jackeline, chamando atenção da plenária. 

Depois, ocorreram mais duas mesas. A segunda, reunindo todas as forças Políticas da CUT, sob a coordenação da vice-presidenta da Central, Madalena Silva. Marcaram presença nos debates os representantes da articulação de esquerda, CUT Pode Mais, O Trabalho e Articulação Sindical. Durante as intervenções, os sindicalistas enfatizaram que congresso cutista acontece no momento de enfrentamento e retrocessos contra à classe trabalhadora, entretanto, buscam, entre seus objetivos estratégicos, a missão de atualizar o projeto político-organizativo da CUT à luz das mudanças em curso no mundo do trabalho; e fortalecer a luta em defesa dos direitos, soberania e democracia.Conheça a nova diretoria executiva da Central Única dos Trabalhadores em PE:

Presidente - Paulo Rocha 

Vice-Presidenta - Uedislaine de Santana 

Secretaria-Geral - Helcio Alfredo 

Secretaria de Finanças e administração -Fabiano Moura 

Secretaria Executiva – Marta Salles

Secretaria de Comunicação - Jeane Ezucarly 

Secretaria de Relações do Trabalhador - André Monteiro 

Secretaria da Mulher Trabalhadora - Liana Melo 

Secretaria de Formação - Ana Izabel 

Secretaria de Organização - Fernando Lima 

Secretaria de Saúde - Eugênia Lemos

Secretaria de Políticas Sociais e Direitos Humanos - Andréa Batista 

Secretaria Racismo - Gilson de Goz 

Secretaria de Movimentos Sociais - Luiz Antonio Lourenzon

Secretaria de Cultura - Maria das Neves 

Secretaria de Assuntos Jurídicos - Jorgiane Araújo

Secretaria de Meio Ambiente - António Francisco 

Secretaria de Juventude - Evanilson Leite

Edição: Marcos Barbosa