GOL CONTRA

Silêncio de Cristiano, Messi e Zlatan é criticado por Megan Rapinoe

Jogadora questionou a falta de posicionamento dos jogadores masculino em entrevista

Brasil de Fato | Recife (PE)

,
Megan Rapinoe foi eleita a melhor jogadora do mundo em 2019 / Lionel Bonaventure/AFP

Conhecida não só por sua performance dentro de campo, mas também pelos protestos por mais igualdade e pelo fim da discriminação no futebol, a jogadora americana Megan Rapinoe foi eleita a melhor jogadora do mundo em 2019.

Em entrevista, após a premiação, a atacante do FC Reign aproveitou o espaço para questionar a falta de posicionamento dos jogadores masculino. "Eu quero gritar 'Cristiano, Messi, Zlatan, me ajudem!'. Essas grandes estrelas não se engajam em nada. Eles têm medo de perder tudo? Quem apagaria os nomes de Messi ou Ronaldo do mundo do futebol por uma declaração contra o racismo ou o sexismo?", questiona.

 

Edição: Marcos Barbosa