Futebol

Corinthians entra em campo com familiares de vítima de Paraisópolis

Irmão e primo do garoto Dennys Santos, de 16 anos, foram convidados para partida contra Fluminense neste domingo (08)

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,
Jogo contra o Fluminense ocorre neste domingo (08) na Arena Corinthians, em Itaquera, às 16 horas / Bruno Teixeira | Agência Corinthians

O Corinthians entrou em campo neste domingo (08), contra o Fluminense, acompanhado do irmão e do primo de Dennys Santos, jovem de 16 anos morto após ação da Polícia Militar na comunidade de Paraisópolis, zona sul de São Paulo. Além do garoto, outras oito pessoas morreram pisoteadas depois de serem encurraladas pela PM, segundo depoimento dos moradores. 

O irmão de Dennys, Lucas Santos, de 10 anos, e o primo Murillo dos Santos, de 4 anos, entraram com os jogadores do Corinthians no jogo que ocorre em Itaquera pela última rodada do Brasileirão. A homenagem ao jovem, que era torcedor do Corinthians, acontece uma semana depois do crime.

:: Mortes em Paraisópolis completam uma semana sem resposta consistente do governo Doria ::

Na ocasião, morreram Gustavo Cruz Xavier, de 14 anos; Dennys Guilherme dos Santos Franco, de 16 anos; Marcos Paulo Oliveira dos Santos, de 16 anos; Denys Henrique Quirino da Silva, de 16 anos; Luara Victoria Oliveira, de 18 anos; Gabriel Rogério de Moraes, de 20 anos; Eduardo da Silva, de 21 anos; Bruno Gabriel dos Santos, de 22 anos; e Mateus dos Santos Costa, de 23 anos.

Matéria atualizada no dia ​​​​​8 de dezembro de 2019 às 16h35.

Edição: Aline Carrijo