OPERAÇÃO CALVÁRIO

Assembleia Legislativa revoga prisão da Deputada Estela Bezerra

Socialista teve pedido de prisão preventiva feito pelo Ministério Público Estadual

Brasil de Fato | João Pessoa - PB,

,
Foto / Divulgação

Por 25 votos favoráveis, os deputados e deputadas estaduais da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) aprovaram, em sessão extraordinária na noite de terça-feira (17), a revogação da prisão preventiva da deputada Estela Bezerra (PSB), seguindo o entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) que permite às casas legislativas estaduais revogarem prisões dos parlamentares, do mesmo modo como ocorre no Congresso Nacional.Estela Bezerra foi presa ontem (17) durante a sétima fase da Operação Calvário – Juízo Final. Segundo o Ministério Público da Paraíba, a parlamentar é apontada como integrante de um núcleo político que teria atuado junto a uma organização criminosa suspeita de desviar recursos em contratos firmados pela gestão do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) nas secretarias de Saúde e Educação.

A Operação Calvário segue os mesmos métodos da Operação Lava Jato que levou à prisão sem provas do ex-presidente Lula (PT). O Ministério Público da Paraíba também pediu a prisão do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB), de vários ex-auxiliares do governo socialista, e da prefeita de Conde Márcia Lucena (PSB).

Em nota, Ricardo Coutinho que se encontra de férias fora do Brasil, disse ter sido surpreendido com decisão judicial decretando a prisão preventiva devido a uma acusação genérica de que faria parte de uma suposta organização criminosa. “Acrescento que jamais seria possível um Estado ser governado por uma associação criminosa e ter vivenciado os investimentos e avanços nas obras e políticas sociais nunca antes registrados”, ressaltou. Além disso, se colocou à disposição da justiça para provar a inocência. 

A prefeita de Conde, Márcia Lucena, emitiu nota dizendo estar surpresa por não ter sido citada e chamada para prestar algum esclarecimento e/ou informação em algum momento do inquérito. A gestão no município do litoral sul paraibano vem ganhando destaque pelas mudanças realizadas nos quase três anos de governo.

 

Edição: Redação BdF