São Paulo

Polícia inicia buscas por jovem desaparecido depois de ter sido abordado por PM

A PM negou qualquer ocorrência no local e no horário, na cidade de Jundiaí (SP); polícia iniciou as buscas

Brasil de Fato | São Paulo (SP)

,

Ouça o áudio:

Carlos Eduardo é o único negro que estava no local, segundo a família / Foto: Arquivo pessoal

Desde o dia 27 de dezembro, Carlos Eduardo dos Santos Nascimento, de 20 anos, está desaparecido. Segundo os familiares, o jovem, que é ajudante de caminhão de mudanças, estava com quatro amigos em um bar da região periférica de Jundiaí, São Camilo, no interior de São Paulo, quando agentes da Polícia Militar (PM) realizaram uma abordagem no local. 

Depois de serem revistados e algemados, somente Carlos Eduardo teria sido levado pela viatura da PM. Ele era o único negro que estava no local. Para onde, até esta quinta-feira (2), não se sabe. A família foi duas vezes até a Polícia Civil e uma ao 49º Batalhão da PM atrás de informações, mas sem sucesso. A PM informou, por meio da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, que não tem conhecimento de nenhum fato envolvendo policiais militares na localidade.

Segundo o pai de Carlos, Eduardo Aparecido do Nascimento, os familiares tentaram contato telefônico com o jovem e o procuraram em hospitais, mas também sem sucesso.

“Ele gosta de jogar o futebolzinho dele no fim de semana, e truco. Nunca esteve envolvido com coisa errada”, afirma o pai, depois de dar depoimento na 1º Delegacia de Polícia (DP) de Jundiaí sobre o desaparecimento de Carlos Eduardo, que é filho único e mora com a mãe na mesma cidade. 

Procurada pela reportagem do Brasil de Fato, a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo afirmou que o desaparecimento foi registrado na 1º DP e encaminhado à Delegacia de Investigações Gerais (DIG), por meio de Procedimento de Investigação de Desaparecimento (PID). A equipe realiza oitivas e ouvirá testemunhas para tentar localizar à vítima. 

Edição: Vivian Fernandes