serviço

Ministério da Educação anuncia que fila de espera do ProUni e Fies estão prorrogadas

Com muitas universidades sem aula por conta do coronavírus, Ministério tomou medida para não prejudicar os candidatos

Brasil de Fato | São Paulo (SP) |

Ouça o áudio:

A Universidade de São Paulo está com aulas presenciais suspensas desde sexta-feira, dia 13 - Foto: Marcos Santos/ USP

O Ministério da Educação anunciou que a fila de espera do Programa Universidade para Todos (ProUni) e do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) estão prorrogadas por tempo indeterminado. A medida foi tomada pensando em não prejudicar os estudantes por conta da pandemia do coronavírus. 

Continua após publicidade

O coordenador-geral de Programas de Ensino Superior do MEC, Thiago Leitão, explicou que o Ministério está mudando uma série de calendários por conta da atual situação que o país está passando. Houve necessidade de prorrogar a lista de espera do ProUni e Fies porque muitas universidades estão paralisadas. 

A lista de espera é mais uma oportunidade para candidatos que não foram pré-selecionados na primeira e segunda chamadas conseguirem uma bolsa pelo programa. Essa chance só aparece a partir da desistência dos candidatos que já haviam sido selecionados 

Os estudantes que manifestaram interesse em participar da lista de espera não têm prazo final para entregar a documentação na instituição. Haverá tempo para que eles entreguem os documentos assim que as atividades acadêmicas retornarem à normalidade

Os estudantes que tenham interesse em instituição que estão funcionando podem entregar a documentação normalmente.

 

Edição: Lucas Weber