O infectologista Gerson Salvador aposta no SUS contra o Coronavírus

Podcast
Imagem do logo do Podcast

Ouça o áudio:

Salvador analisa a pandemia vivida pela Itália, em comparação ao Brasil. - Foto: Redação
O presidente tem um papel lamentável em relação a condução da crise

Em entrevista para o Brasil de Fato em meio a uma fase de número ascendentes de caso da doença no país, Salvador esclarece a diferença entre os casos no Brasil e na Itália,  as particularidades da testagem rápida, o que se pode esperar da covid-19 daqui pra frente, e uma de suas pautas centrais: a necessidade do fortalecimento do SUS. 

Para o médico, há uma necessidade em distinguir o Sistema Único de Saúde do Bolsonarismo. O SUS, na opinião dele, é uma política de Estado, e que deve ser defendida, por isso é preciso fazer uma análise concreta do discurso de quem desqualifica o SUS.

“Tudo que o neoliberalismo ataca dizendo que é grande demais, que deve ser reformado, que deve ser diminuído, que deve ter corte de gastos, são estes setores que estão dando resposta para a pandemia do coronavírus”, analisa.

Edição: Camila Salmazio