Bem Viver: desafios para o Brasil não passar por crise de abastecimento de alimentos

Podcast
Imagem do logo do Podcast

Ouça o áudio:

Programa traz uma entrevista com Ademar Ludwig, um dos coordenadores do grupo gestor da rede Armazém do Campo do MST, que conta sobre a produção de alimentos em meio à pandemia - Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil
Desmonte na política de agricultura familiar nos últimos anos prejudica produção na área rural

A edição do Bem Viver desta quarta-feira (01) começa contando boas iniciativas que estão ocorrendo neste período de crise devido ao coronavírus. Movimentos ligados aos trabalhadores informais organizam as chamadas “vaquinhas” para ajudá-los a atravessar a pandemia do coronavírus no Brasil. Sem direitos trabalhistas, eles estão entre os mais expostos em meio à crise de saúde pública.

As campanhas de solidariedade buscam financiar itens básicos, como comida e remédio, para populações em situação de vulnerabilidade. Estão nesse grupo, por exemplo, catadores de recicláveis, pessoas sem-teto, vendedores ambulantes e camelôs, que viram sua renda despencar em função do isolamento social imposto em alguns estados brasileiros.

Fora do Brasil movimentos parecidos tem ocorrido. O Bem Viver conta como comunas na Venezuela estão se organizando para garantir que a população passe bem durante o período de quarentena. A correspondente do Brasil de Fato, Michele de Mello, conta em uma longa reportagem as ações solidárias no país vizinho.

Um dos destaques do programa desta quarta-feira é a entrevista com Ademar Ludwig, um dos coordenadores do grupo gestor da rede Armazém do Campo do MST, e também com Maria Cazé da direção nacional dos Movimento dos Pequenos Agricultores (MPA). Eles contam quais são os desafios do Brasil para não passar por uma crise de desabastecimento nos mercados em meio à pandemia do coronavírus.

O programa também traz dicas de saúde e de literatura para passar essa quarentena com a saúde do corpo e da mente em dia. 

Sintonize

O programa Bem Viver vai ao ar todos os dias, das 11h às 12h, com reprise aos domingos, às 10h, na Rádio Brasil Atual. A sintonia é 98,9 FM em São Paulo; 102,7 FM no Noroeste Paulista; e 93,3 FM na Baixada Santista. 

No mesmo horário, de segunda a sexta-feira, o programa é transmitido na Rádio Super de Sorocaba (SP), em 87,5 FM; Rádio Interativa de Senador Alexandre Costa (MA); Rádio Comunitária Malhada do Jatobá, de São João do Piauí (PI); e Rádio Terra Livre (MST), de Abelardo Luz (SC), em 104,9 FM.

A programação também fica disponível na Rádio Brasil de Fato, das 11h às 12h, de segunda a sexta-feira, e nos aplicativos Spotify e Google Cast

Assim como os demais conteúdos, o Brasil de Fato disponibiliza o programa Bem Viver de forma gratuita para rádios comunitárias, rádios poste e outras emissoras que manifestarem interesse em veicular o conteúdo. Para fazer parte da nossa lista de distribuição, entre em contato pelo e-mail: [email protected].

Edição: Lucas Weber