Rádio em Sumé (PB) apresenta programa que reúne conhecimento da roça com da academia

Imagem do logo do Podcast

Ouça o áudio:

Programa de Ações Sustentáveis para o Cariri (Pascar) é um Núcleo de estudos em agroecologia da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG) - Foto: Arquivo pessoal
Matutando Solos e Agroecologia vai ao ar todos os domingos

No interior da Paraíba, quem nunca pisou num sistema agroflorestal pode conhecer agroecologia através do rádio. No município de Sumé, o programa Matutando Solos e Agroecologia consegue reunir entrevistas com agricultores direto do roçado com conhecimento sobre produção rural trabalhado em universidades.

Maicon Catingueiro, cordelista e um dos apresentadores do programa, conta por meio de versos a experiência proposta pelo programa:

"No cariri paraibano, tem um programa nota 10
 Que prima pelo viés de formar o ser humano
 Já são mais de sete anos presentes no dia a dia
 Informação e poesia é o que vive a divulgar
 Eu agora vou falar do Matutando Agroecologia

 Matutamos sobre a roça, matutamos sobre a luta
 Uma experiência diferente, com linguagem bem matuta
 Direcionado ao camponês
 E ele por sua vez se faz presente na escuta  

 Se faz presente na escuta quando não vem apresentar
 Os camponeses no programa é algo espetacular
 Facilita a comunicação e traz para o nosso sertão um jeito novo de comunicar 

Comunicar o meio ambiente, comunicar a produção 
Comunicar o semiárido e a sua transição
Com bases na agroecologia
E os passos que no dia a dia nos leva a transformação

Quem sintonizar no Matutando vai poder acompanhar
Informação de qualidade com cultura popular 
Forró, verso, poesia, baião, receita, cantoria 
Chega para cá matutar!"  


O Matutando Solos e Agroecologia surgiu de um diálogo na Associação de Produtores Agroecológicos de Sumé, em 2010. Agricultoras e agricultores agroecológicos do município sugeriram um espaço para que pudesse trocar saberes e fortalecer o movimento agroecológico na região. A partir do pedido, a professora Adriana Meira tocou em frente a ideia de juntar o campo e a academia na mesma frequência radiofônica.

O programa Matutando Solos e Agroecologia está perto de completar uma década, sendo uma realização do Programa de Ações Sustentáveis para o Cariri (Pascar) do Centro de Desenvolvimento Sustentável do Semiárido da Universidade Federal de Campina Grande (UFCG).

“O programa Matutando Solos e Agroecologia é uma proposta de Educomunicação, que surgiu em 2011 em função da falta de um programa direcionado ao povo camponês. É um programa que objetiva trazer de forma simples as informações sobre o manejo agroecológico dos solos, as práticas conservacionistas para a conservação da saúde, qualidade e fertilidade dos solos, aproximando o povo camponês das informações geradas pelos institutos de pesquisa e pela academia”, pontua Adriana. 

A comunicação precisa ser um direito e através do Matutando Solos e Agroecologia conseguimos fortalecer esse debate


O programa vai ao ar das 12h30 às 13h e conta com a apresentação de discentes da UFCG. A dupla Rayana Minervino e Maicon Catingueiro conversa com camponeses, extensionistas e líderes comunitários na proposta de girar saberes agroecológicos na região. Cada edição conta ainda com versos e dicas de receitas. Por um lado, os temas são escolhidos pelas pessoas do campo, considerando suas realidades e propostas de debates. Mas, por outro, a professora Adriana também reforça a importância do programa para quem está na academia. 

“Há o momento em que os estudantes que fazem o programa Matutando Solos e Agroecologia vão às feiras, comunidades, associações, participam das reuniões dos conselhos e vivenciam essa realidade, em que os temas que são veiculados são demandados pelos próprios agricultores e agricultoras ouvintes do nosso programa”, destaca. 

Além de apresentar o programa, Maicon Catingueiro é aluno de Agroecologia. Ele destaca que a iniciativa também reforça a importância do direito à comunicação como proposta de troca de saberes para a construção do conhecimento agroecológico. 

“A comunicação precisa ser um direito e através do Matutando Agroecologia conseguimos fortalecer esse debate, socializar essa ideia entre todos que estão diretamente ou indiretamente contribuindo com o nosso programa”.    

A emissora que transmite o Matutando Solos e Agroecologia é a Rádio Cidade Sumé FM. Para quem desejar acompanhar o programa dominical, outro caminho é a transmissão ao vivo através da live do Facebook. O caminho para acompanhar o Matutando na internet é a transmissão pelo perfil da Radio Cidade Sumé.

Edição: Lucas Weber