cirandeira

Biografia de Lia de Itamaracá é lançada nesta quinta (14)

Publicada pela Cepe Editora, obra assinada por Michelle de Assumpção traz ensaio fotográfico e vida íntima de Lia

Brasil de Fato | Recife (PE) |
Lia de Itamaracá é patrimônio vivo da história pernambucana - Arquivo Pessoal/ @seujosedeholanda

A Cepe Editora lança, nesta quinta-feira (14), o livro Lia de Itamaracá: nas rodas da cultura popular, uma biografia da “rainha da ciranda”. O lançamento virtual ocorre a partir das 17h30 por meio do perfil da editora no Instagram (@cepeeditora).  

Escrito por Michelle de Assumpção, a biografia inclui fatos mais íntimos sobre a vida de Lia, como questões familiares e domésticas, além de trazer um ensaio fotográfico da cirandeira, clicada por diversos fotógrafos pernambucanos, em momentos distintos da carreia da artista. O lançamento contará com um bate-papo entre a autora da obra, Michelle de Assumpção, e um dos editores da Cepe Editora, Diogo Guedes.

:: Entrevista | Lia de Itamaracá e a "ciranda no meio do mundo" ::

Michelle de Assumpção acompanha o trabalho de Lia há mais de duas décadas. Livro de estreia da autora na literatura, a biografia de Lia faz parte da coleção Perfis da Cepe, que apresenta a história de personagens pernambucanas.

Quem é Lia

Maria Madalena Correia do Nascimento, a Lia, tem 80 anos e é cantora desde os 12. É reconhecida como patrimônio cultural de Pernambuco, obteve o título de Doutor Honoris Causa pela Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), atuou em produções cinematográficas, como a participação que fez recentemente no filme “Bacurau”, e viajou o mundo levando a cultura popular pernambucana.

:: “Eu sou uma preta cirandeira, cantando no meio da multidão" ::


Biografia de Lia de Itamaracá aborda vida íntima da cantora e traz ensaio fotográfico / Reprodução / Cepe Editora



Serviços

Livro Lia de Itamaracá: nas rodas da cultura popular

Preço do livro: R$ 40,00 (impresso) e R$ 12,00 (e-book)

Mais informações: Site da Editora Cepe

Fonte: BdF Pernambuco

Edição: Camila Maciel e Monyse Ravena