Programa Bem Viver relembra a mobilização popular que levou à criação do SUS

Imagem do logo do Podcast

Ouça o áudio:

Emenda Constitucional nº 95, aprovada em 2016, congelou o orçamento para a Saúde e a Educação por 20 anos - Agência Brasil
Acompanhe também as atualizações sobre o avanço do novo coronavírus no país

O programa Bem Viver desta quinta-feira (21) relembra a história por trás do sistema que, atualmente, é o principal braço do Estado brasileiro para cuidar de pacientes com a covid-19: o Sistema Único de Saúde (SUS)

Para muitos, pode parecer uma realidade distante, mas houve uma época em que a população brasileira não tinha acesso gratuito a hospitais e tratamentos de saúde. O SUS é jovem, e soma pouco mais de 30 anos de atuação desde que foi criado em 1988, após a mobilização de mulheres donas de casa e jovens estudantes de medicina.

Nesta edição, o advogado popular Jonathan Hassen explica como funciona a decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica que suspende os cortes no fornecimento de energia motivados por falta de pagamento dos consumidores. A medida vale até o final do mês de junho.

O programa também resgata a importância das sementes crioulas, que marcam a história de famílias camponesas e correm perigo de extinção devido ao uso de pesticidas e de sementes geneticamente modificadas pelo agronegócio. Quem explica é Gilberto Afonso Schneider, integrante do Coletivo Internacional de Sementes, Agroecologia e Biodiversidade da Via Campesina.

Ainda nesta edição, o ouvinte conhece os saberes populares por trás da cajuína, bebida típica do Piauí, no quadro Alimento é Saúde.


Produção da Rádio Brasil de Fato vai ao ar de segunda a sexta-feira / Brasil de Fato

Sintonize

O programa Bem Viver vai ao ar de segunda a sexta-feira, das 11h às 12h, com reprise aos domingos, às 10h, na Rádio Brasil Atual. A sintonia é 98,9 FM na Grande São Paulo e 93,3 FM na Baixada Santista. 

Em diferentes horários, de segunda a sexta-feira, o programa é transmitido na Rádio Super de Sorocaba (SP); Rádio Interativa, de Senador Alexandre Costa (MA); Rádio Comunitária Malhada do Jatobá, de São João do Piauí (PI); Rádio Terra Livre (MST), de Abelardo Luz (SC); Rádio Timbira, de São Luís (MA); Radio Terra Livre de Hulha Negra (RN), Rádio Camponesa, em Itapeva (SP) e Rádio Onda FM, de Novo Cruzeiro (MG).

A programação também fica disponível na Rádio Brasil de Fato, das 11h às 12h, de segunda a sexta-feira, e nos aplicativos Spotify e Google Podcasts

Assim como os demais conteúdos, o Brasil de Fato disponibiliza o programa Bem Viver de forma gratuita para rádios comunitárias, rádios-poste e outras emissoras que manifestarem interesse em veicular o conteúdo. Para fazer parte da nossa lista de distribuição, entre em contato pelo e-mail: [email protected].

Edição: Mayara Paixão